Etanol sobe em 17 estados

Os preços médios do etanol hidratado subiram em 17 estados e no Distrito Federal na semana de 22 a 28 de dezembro, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Houve queda em nove estados brasileiros.

Nos postos pesquisados pela ANP, o preço médio do etanol subiu 0 19% na semana ante a anterior, de R$ 3,151 para R$ 3,157. Em São Paulo, principal estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a alta foi 0,07% no período e a cotação média do hidratado variou de R$ 2,977 para R$ 2,979 o litro. A maior alta semanal, de 0,99%, foi no Distrito Federal e a maior queda, de 1,74%, no Amapá.

Na comparação mensal, os preços do etanol subiram em 20 estados e no Distrito Federal e recuaram outras cinco unidades da Federação; não foi possível fazer a comparação no Amapá, já que não foi feito levantamento na mesma semana de novembro. Na média brasileira, o preço do biocombustível pesquisado pela ANP acumulou alta mensal de 5,93%.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,478 o litro, em São Paulo, e o menor preço médio estadual, de R$ 2,918, foi registrado em Mato Grosso. O preço máximo individual, de R$ 4,999 o litro, foi registrado em um posto do Rio Grande do Sul. O Rio Grande do Sul também registrou o maior preço médio, de R$ 4,233 o litro.

Competitividade

Na semana de 22 a 28 de dezembro os preços médios do etanol eram mais vantajosos ante os da gasolina em quatro estados brasileiros: Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo. Deixaram de ser em Sergipe. O levantamento da ANP compilado pelo AE-Taxas considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 61,99% do preço da gasolina, em Goiás a 69,72%, em Minas Gerais a 67,54%, e em São Paulo a paridade ficou em 68,66%.

Na média dos postos pesquisados no país, a paridade é de 69,31% entre os preços médios de etanol e gasolina, também favorável ao biocombustível. A gasolina foi mais vantajosa no Amapá, com a paridade de 91,77% para o preço do etanol.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on skype
Share on email

Últimas notícias

Anuncie na Feliz

Invista naquilo que vai deixar sua empresa muito mais Feliz!
Anuncie aqui na rádio que todo o Brasil AMA!

Arquivos

Programas

Anuncie na Feliz FM

Invista naquilo que vai deixar sua empresa muito mais Feliz! Anuncie aqui na rádio que todo o Brasil AMA!

Copyright © 2020. Todos direitos reservados a REDE FELIZ DE COMUNICAÇÃO RTV EPP ME.
Avenida Paulista, 1636 - 13º Andar - Bela Vista - SP
Solved by Pippa.

Peça sua música